Notícias
01 de Outubro de 2017

Embaixador Jorge Cabral realiza visita oficial a Belém do Pará

28 a 30 de setembro

Foto da Noticia
561 pessoas leram esta notícia.

No âmbito da sua deslocação a Belém do Pará, para a comemoração dos 150 anos do Grémio Literário, Desportivo e Recreativo, o Embaixador Jorge Cabral teve oportunidade de realizar uma série de encontros com autoridades municipais e estaduais, visitar a comunidade portuguesa, e conhecer de perto as suas principais associações e representantes.

O Embaixador iniciou sua visita com um encontro de cortesia com o Prefeito da Cidade de Belém do Pará Zenaldo Coutinho durante o qual trocou impressões acerca de questões atuais que marcam a relação entre os dois países, e sobre o programa das celebrações dos 150 anos do Grémio. A este encontro seguiu-se uma Sessão Solene Especial na Câmara Municipal de Belém que contou com a presença de altas figuras do Município.

 

 

Nessa noite, o Embaixador Jorge Cabral assistiu a um concerto comemorativo dos 150 anos do Grêmio Recreativo e Literário Português no Theatro da Paz executado pela Orquestra Sinfónica daquele teatro, regida pelos maestros brasileiro Miguel Campos Neto e português Cesário Costa, este especialmente convidado para o evento. Iniciativa contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura (Secult) e Academia Paraense de Música (APM), em parceria com o Vice-Consulado de Portugal e Instituto Camões e patrocínio do Grêmio Literário Português.

 

No dia seguinte o programa continuou com um encontro no Palácio do Governo em Belém entre o Embaixador de Portugal e o Governador do Pará Simão Jatene durante o qual foram discutidos temas de interesse comum, parcerias e questões culturais, comerciais e outras que ligam as duas comunidades. Embaixador Jorge Cabral aproveitou ocasião para sublinhar a excelência das relações entre as duas comunidades e a integração plena dos portugueses neste Estado.

 

Da agenda fazia ainda parte a assinatura de um protocolo de criação da Cátedra João Lúcio de Azevedo entre o Instituto Camões e a Universidade Federal do Estado do Pará, que visa estreitar os laços de colaboração nas áreas de pesquisa e difusão da História, Cultura, Literatura de Portugal e da Amazónia, incluindo as suas relações com as culturas de expressão portuguesa. A cerimónia decorreu nas instalações da Universidade Federal do Pará (UFPA) e teve como anfitrião o Reitor Emmanuel Tourinho. Entre os participantes estiveram também a Coordenadora da nova Cátedra Professora Nazaré Sanges e o Secretário da Cultura do Estado do Pará Paulo Chaves. Assistiram ainda o Deputado Carlos Páscoa e o Presidente do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira no Pará Luiz Otávio Rei Monteiro.

Este Protocolo que cria a nova cátedra, a primeira do Instituto Camões no norte do Brasil, consolida as relações e cooperação entre os pesquisadores paraenses e portugueses. Também cumprirá a função de promover a renovação de estudos da história da Amazónia e da cultura luso-brasileira.

 

Embaixador Jorge Cabral efetuou uma deslocação ao Hospital da Beneficente Portuguesa para a inauguração do primeiro dos quatro blocos do novo complexo da Sociedade Beneficente Portuguesa. Inauguração contou com a presença de várias autoridades com destaque para o Ministro da Integração Nacional Helder Barbalho, o Senador Jader Barbalho e vários deputados estaduais e federais, bem como representantes da comunidade portuguesa.

 

À noite teve lugar, na sede Campestre, a celebração dos 150 anos do Grémio Literário e Recreativo Português, instituição de referência na Comunidade Luso-Brasileira de Belém e que contou com a presença de centenas de convidados. Na ocasião o Embaixador Jorge Cabral felicitou os paraenses que integram o Grêmio e destacou que nestes 150 anos o clube manteve as mais belas tradições portuguesas, presenteando a sociedade paraense com essas manifestações, e ao mesmo tempo preservando o conhecimento e a cultura locais. “Espero que continuem a trabalhar e a confiar como fizeram ao longo destes anos, que saibam manter a nossa cultura, mas também busquem se integrar na sociedade brasileira sem esquecer as raízes portuguesas”, ressaltou o embaixador.

O presidente do Grêmio Literário Português, Alírio Gonçalves, destacou a bravura dos primeiros portugueses que no século XIX, ainda à luz de velas, se reuniam para apreciar livros da literatura portuguesa, lançando a semente da formação do clube. “Desta origem, em todos estes anos, a família gremista se firmou pelo respeito ao meio ambiente e pela preservação da cultura, tornando-se digna de diversas honrarias concedidas pelo poder público local.” Recorda-se que o Grémio fundado no ano de 1867 recebeu já várias distinções ao longo da sua existência. Atualmente conta com cerca de 10.000 membros, entre associados e dependentes, de ambas as nacionalidades - brasileira e portuguesa.

 

Visita do Embaixador de Portugal no Brasil Jorge Cabral ao Estado do Pará terminou com a participação no 1º encontro das Comunidades do Norte do Brasil na sede histórica do Grémio onde estiveram também presentes o Vice-Cônsul de Portugal em Belém e representantes consulares e associativos.

 

 
Veja algumas fotografias relacionadas com a notícia
FotoFotoFotoFotoFotoFotoFotoFotoFoto